Aposentadoria com qualidade

Advogados especialistas em direito previdenciário, capacitados e comprometidos em assegurar o seu melhor benefício de forma justa, transparente e segura.

Advocacia do Futuro

Pioneira na atuação digital da advocacia, a CMP acredita que é possível se aposentar sem sair de casa. De maneira prática, eficiente e segura, conduzimos diversos casos previdenciários virtualmente, sempre prezando pela transparência com o cliente em cada etapa de sua situação. Acreditamos em uma advocacia direta e acessível, desde o primeiro atendimento até a concessão da aposentadoria.

Blog – Informações relevantes sobre direito previdenciário

Vídeos

Saiba tudo sobre a Previdência com orientações práticas e completas de nossos especialistas.

Assine o nosso Portal Informativo

Cadastre-se e receba em primeira mão notícias exclusivas e as novidades do setor previdenciário.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Entre nos nossos grupos de Telegram e WhatsApp

Cadastre-se e receba em primeira mão notícias exclusivas e as novidades do setor previdenciário.

Perguntas frequentes

Resposta: MEI tem a opção de pagar uma Guia complementar do DAS de até 15% para a previdência. Dessa forma a sua contribuição como MEI pode ser somada com outras contribuições (tipo CLT), podendo ter direito à um valor diferenciado de aposentadoria.

Resposta: É possível receber normalmente sua aposentadoria e seu lucro pelo trabalho como MEI. Ou seja, os benefícios de aposentadoria não são reduzidos por conta do trabalho exercido pelo indivíduo, exceto em caso de aposentadoria por invalidez. Nesse caso, o beneficiário é suscetível a processo por crime além da necessidade de retornar o dinheiro para a Previdência Social, já que não estava realmente incapacitado para o trabalho.

Resposta: É possível receber normalmente sua aposentadoria e seu lucro pelo trabalho como MEI. Ou seja, os benefícios de aposentadoria não são reduzidos por conta do trabalho exercido pelo indivíduo, exceto em caso de aposentadoria por invalidez. Nesse caso, o beneficiário é suscetível a processo por crime além da necessidade de retornar o dinheiro para a Previdência Social, já que não estava realmente incapacitado para o trabalho.

Resposta: É possível receber normalmente sua aposentadoria e seu lucro pelo trabalho como MEI. Ou seja, os benefícios de aposentadoria não são reduzidos por conta do trabalho exercido pelo indivíduo, exceto em caso de aposentadoria por invalidez. Nesse caso, o beneficiário é suscetível a processo por crime além da necessidade de retornar o dinheiro para a Previdência Social, já que não estava realmente incapacitado para o trabalho.

Resposta: O aposentado que continua trabalhando não tem direito ao benefício de auxílio doença, já que não é possível a acumulação desses dois benefícios.

Resposta: A paridade é a concessão dos aumentos e reajustes atribuídos aos servidores ativos aos proventos de aposentadoria.

Resposta: O pedágio previdenciário consiste em um adicional de tempo de contribuição para segurados que precisavam de pouco tempo para se aposentar até a Reforma da Previdência. Nas Regras de Transição, há o pedágio de 50%, e o pedágio 100%.

Ligamos para você
Envie seus dados e em breve entraremos em contato
Chat online
Envie seus dados para iniciar a conversa
-
Consulte nossos advogados