como fica a aposentadoria especial

Para ter direito ao benefício da aposentadoria especial exige-se o tempo mínimo de exercício da atividade em 25 anos completos até 12/11/2019 ou a partir desta data, a soma de 86 pontos (idade + tempo de atividade especial), sendo que 25 anos deve ser o mínimo em atividade especial. É imprescindível a comprovação da exposição aos agentes nocivos de forma contínua e ininterrupta, feita por meio de um formulário denominado Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP), expedido por médico do trabalho ou engenheiro de segurança do trabalho para o exercício da atividade especial após o ano de 1995. Temos um simulador capaz de converter o tempo especial em tempo comum: https://cmpprev.com.br/simulador-conversao-atividade-especial/

Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright - CMP Prev - Todos os direitos reservados
Contato por Whatsapp
Atendemos a todo o Brasil
Ligamos para você
Envie seus dados e em breve entraremos em contato
Chat online
Envie seus dados para iniciar a conversa
-
Consulte nossos advogados