Cálculo Previdenciário: O que é e como é feito

como calcular o valor da aposentadoria por pontos?

Cálculo Previdenciário

O cálculo previdenciário é importante para ter uma visão geral de como ficará a aposentadoria, antes mesmo de dar entrada em seu benefício. É muito mais dos números. Será possível fazer uma análise detalhada do tempo de contribuição, uma previsão de qual será o valor do benefício e qual a melhor modalidade de aposentadoria para cada caso.
A aposentadoria é um momento aguardado por muitos contribuintes e, especialmente, com as mudanças da Reforma da Previdência, entender todos os caminhos disponíveis é essencial para tomar a melhor decisão.
Acompanhe o texto até o final e entenda o que é cálculo previdenciário e como é feito.

Conheça todos os tipos de aposentadoria clicando aqui.

O que é cálculo previdenciário?

O cálculo previdenciário é uma ferramenta muito útil para quem quer entender melhor a sua situação previdenciária. Ele é feito com base no tempo de contribuição do segurado e nos salários contribuídos ao INSS.
Esses dados serão utilizados para chegar ao resultado de quanto tempo o segurado já contribui e se esse tempo é o suficiente para se aposentar. Outros benefícios do cálculo previdenciário é entender quais as aposentadorias disponíveis para esse segurado, isto é, em qual delas já foram cumpridos todos os requisitos exigidos.
Seguindo essas informações, o segurado consegue escolher o benefício mais vantajoso em questão financeira para o mesmo.
Para aqueles que estão longe de se aposentarem, é possível ainda identificar quanto tempo ainda falta de contribuição. Com isso, ele pode se organizar com os documentos e trâmites necessários.

Como funciona o cálculo previdenciário?

O cálculo previdenciário, como já citamos, utiliza o tempo de contribuição do trabalhador e os valores contribuídos para a Previdência Social. Essas contribuições serão contadas desde julho de 1994.
O primeiro passo para o cálculo previdenciário correto é identificar o tempo certo de contribuição. Você encontra essa informação fazendo uma análise do CNIS, da carteira de trabalho e/ou nas guias de contribuição, GPS.
Lembrando que algumas atividades fazem a diferença no cálculo do tempo de contribuição, como, por exemplo, atividade rural e atividade especial, além da averbação de períodos de trabalhos e contribuição que não estão no sistema do INSS, como prestação de serviço militar.
É muito importante chegar ao número exato de tempo de contribuição e valores, pois é isso que vai afetar o valor do benefício. Com essas informações em mãos, o segurado consegue identificar quanto tempo de contribuição ele já possui, quanto tempo ainda é necessário para solicitar o benefício, e qual será o valor do benefício (RMI).

Quais fatores influenciam no cálculo previdenciário?

Alguns fatores irão influenciar no cálculo previdenciário. O principal deles é o tempo de contribuição. Cada salário irá fazer a diferença quando o assunto é aposentadoria, seja no aumento ou na diminuição do valor final do benefício.
Outro fator muito importante é o valor dos salários contribuídos. Boas contribuições, ou seja, valores mais altos, terão uma média maior de contribuições. Por isso, comprovar todo o período que foi trabalhado é essencial para que não ocorra uma diminuição de tempo e de valor da aposentadoria.

Como a Reforma Previdenciária influenciou no cálculo?

A Reforma Previdenciária e suas mudanças nas regras das aposentadorias influenciaram no cálculo previdenciário. A principal mudança foi na hora de calcular os valores do benefício.
Na maioria dos casos, será considerada a média de todos os salários de contribuição, e não mais a média dos 80% maiores salários, excluindo os 20% menores como era antes da Reforma. A partir dessa média, os valores dos benefícios são calculados pela alíquota de 60% da média mais 2% para cada ano de contribuição após o mínimo requerido.
Há apenas duas exceções quanto essa alíquota. São os casos das regras de transição do pedágio de 50%, em que é multiplicada a média pelo fator previdenciário, e do pedágio de 100%, no qual a alíquota é de 100% da média, sem nenhum redutor.
Essas regras de transição também são frutos da Reforma da Previdência. Além delas, a Reforma trouxe também a aposentadoria por idade e excluiu a aposentadoria por tempo de contribuição.
As novas regras também eliminaram o fator previdenciário. Mantido apenas na regra de transição do pedágio de 50%, como já vimos, e na aposentadoria da pessoa com deficiência, quando for mais vantajoso para o segurado.

Por que contratar um advogado para fazer o cálculo previdenciário?

Recomenda-se a contratação de um advogado para fazer o cálculo previdenciário. Este profissional quando especialista previdenciário será o melhor amigo do segurado que quer o melhor benefício possível.

Confira alguns motivos para contratar um advogado para fazer o cálculo previdenciário:

Complexidade

O primeiro motivo é a complexidade dos cálculos, contagens e burocracias do INSS. O cálculo previdenciário deve ser realizado de forma correta, com o tempo de contribuição e valores contribuídos corretos. O advogado previdenciário entende os documentos necessários e a melhor forma de identificar essas informações.

Especialidade

Outro ponto importante é a especialidade. O advogado é especialista neste serviço e nas regras do INSS, sejam as antigas quanto as regras pós Reforma. Isso porque este profissional deve estar atualizado conforme a legislação.

Humanidade

Existem diversas maneiras de realizar o cálculo, especialmente online. No próprio portal Meu INSS você encontra o serviço mediante ao cadastro do segurado. Também existem planilhas do cálculo do tempo de contribuição disponíveis para download.
Mesmo sendo mais fácil dessa maneira, o trabalhador precisa estar atento. Algumas simulações podem não levar em consideração as conversões de tempo, como tempo especial e rural.
O advogado fará o cálculo com um pensamento analítico, percebendo essas situações. Ele também irá analisar todos os possíveis cenários, oferecendo as melhores opções de aposentadoria para o seu caso específico.

como é o cálculo da aposentadoria por idade?

Confira nossas dicas de como contratar o melhor advogado previdenciário.

A realização do cálculo previdenciário é fundamental para todo o segurado que busca ter uma aposentadoria mais tranquila e seguindo todos os requisitos e benefícios que você tem direito. Este cálculo será importante para ter uma prévia de qual e como será a sua aposentadoria, incluindo um possível salário que estará disponível.
Se for preciso, conte com o auxílio de um advogado previdenciário para analisar a sua situação e auxiliar na realização do cálculo previdenciário.

Se inscreva no nosso blog.

E não perca nenhum conteúdo.