Posts

Revisão da Vida Inteira: como pedir e ser bem-sucedido

Deitar na sua cama todas as noites, imaginando que há algo de errado com o valor de sua aposentadoria, não é algo gratificante. Após muito tempo de dedicação profissional, o que você mais precisa nesse momento é de descanso e paz. Entretanto, a informação sobre a possibilidade de pedir uma revisão da vida inteira chegou até você. E agora, o que fazer com tudo isso?

O receio de levar uma negativa do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou pior, ver o benefício diminuir, são motivos que levam muitos cidadãos a não reivindicarem seus direitos. Isso é um erro!

De uma coisa tenha certeza: você não precisa fazer parte desse time.

A resposta para o seu dilema está em fazer o passo a passo correto, e vamos colocá-lo aqui a seguir. Ao final de sua leitura, não deixe de comentar conosco as suas impressões ou expôr as suas dúvidas.

 

Para quem foi criada a revisão da vida inteira?

Antes de tudo, você precisa entender se realmente tem o perfil para solicitar a revisão da vida inteira. 

Isso quer dizer que todos os salários recebidos durante a sua carreira serão considerados – sim, aqueles de 1982 a 1994, constantes no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) também – no (re)cálculo do valor da aposentadoria.

Tome para si o seguinte exemplo: digamos que seus recebidos da época e, consequentemente, as contribuições à Previdência eram mais altos. Antes do surgimento da revisão, e de forma muito injusta, tais informações não eram consideradas e o pagamento era definido com base em quantias menores.

Pois bem… a primeira análise, após verificados os requisitos, é descobrir se o seu direito é adquirido – obteve antes da Reforma da Previdência – ou se você se enquadra nas regras de transição – este simulador lhe ajuda a encontrar a melhor diretriz.

A grande preocupação e entrave dos segurados ao pensar na revisão, é o quão prejudicial ela pode ser, caso equívocos sejam cometidos. Aqui está um conteúdo que lhe explica por que foi necessária a sua criação e como funciona o “princípio do melhor benefício”. 

 

Na prática, quem é o segurado que tem mais chance de ser bem-sucedido ao pedir a revisão da vida inteira?

Em termos de probabilidade, é o cidadão que recebe próximo a um salário mínimo, e fez poucas contribuições após julho de 1994.

Além disso, muita atenção! O segurado tem prazo para reclamar o direito! Passados dez anos após a data de concessão do benefício, será impossível solicitar a revisão da vida inteira. Nem o melhor advogado previdenciário do mundo conseguirá uma brecha para você.

 

O que evitar ao solicitar a revisão ao INSS?

Antes de entrar com o pedido no INSS, é necessário realizar a conversão dos cruzeiros e cruzados em reais, e a atualização monetária daqueles valores contribuídos antes de 94. Como você deve imaginar, não é um cálculo fácil ou rápido.

Portanto, evite atropelar as coisas.

Procure um advogado previdenciário e peça esse auxílio. Somente o profissional poderá lhe sinalizar se é válida a entrada com uma ação judicial.

 

Após ganhar a ação, qual é o benefício da revisão da vida toda?

Mesmo que o ajuste no valor do benefício possa ser pequeno, por vezes, vale à pena solicitar a revisão da vida toda pelo quantitativo de atrasados, que pode ser muito significativo – limitados aos cinco anos anteriores ao ajuizamento da ação. 

Todas as diferenças acumuladas serão recebidas de uma só vez, além do acréscimo no pagamento mensal.

 

Como saber se a sua aposentadoria está justa?

Você já percebeu que pode ter direito ao reajuste, mas não tem essa certeza? 

Agora, a indicação correta é a busca de um especialista em direito previdenciário. Afinal, você não deseja sair perdendo em um processo que tem a intenção de melhorar suas condições financeiras.

Comentamos aqui neste conteúdo, que o percentual de aumento pode ser extremamente relevante: até 485%. Desta forma, SEMPRE vale a pena colher a informação correta e, se for o caso, exigir a reparação das injustiças.

É exatamente para consertar o dano de uma legislação que trouxe muitos prejuízos aos contribuintes e cerceou direitos, é que a Revisão da Vida Inteira foi criada.

_

O conteúdo atendeu suas necessidades? Interaja conosco aqui nos comentários.

Mas, se está precisando de um auxílio mais aprofundado no tema, não deixe de agendar uma consulta com um advogado previdenciário agora mesmo!

 

Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright - CMP Prev - Todos os direitos reservados
Ligamos para você
Envie seus dados e em breve entraremos em contato
Chat online
Envie seus dados para iniciar a conversa
-
Consulte nossos advogados