Blog
Home > Processo de Aposentadoria na Quarentena

Processo de Aposentadoria na Quarentena

Você está pensando em entrar com seu processo de aposentadoria, mas não sabe se a quarentena será uma barreira na celeridade de seu pedido? Descubra se a ideia é boa ou ruim, neste artigo.

 

Sensibilizado pela pandemia que assola o mundo desde o início de 2020, e após a chegada da Covid-19 no Brasil, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) adotou algumas medidas para deixar seus serviços mais próximos dos cidadãos, sem que para isso eles precisem deslocar-se.

Durante esse período, o propósito do atendimento à distância foi contribuir com a contenção da disseminação do vírus, evitando as rotineiras aglomerações nas agências. 

Mesmo sabendo da boa vontade e da cautela dispensada pelo órgão, boa parte dos usuários do sistema encheu-se de dúvidas e incertezas. Muitos, inclusive, ficaram receosos de abrir um processo de aposentadoria, por exemplo, temendo uma longa espera.

Independente dos serviços estarem remotos ou físicos – aos poucos, as agências estão retomando os atendimentos em seus endereços fixos -, o momento pelo qual todos passamos é delicado e contribui muito para essas inseguranças. 

Sendo assim, preparamos um conteúdo para lhe explicar os prós e os contras de solicitar o seu benefício enquanto durar a pandemia de Covid-19.

 

Como acontece o processo de aposentadoria durante o atendimento à distância?

 

Mesmo com as agências físicas de portas fechadas, as análises acerca dos processos de aposentadoria não pararam. É verdade que há uma sobrecarga de requerimentos, especialmente no pós Reforma da Previdência. No entanto, o Governo Federal convocou servidores inativos e aposentados para trabalhar no INSS, com a missão de desafogar a fila de benefícios.

Ainda que esteja acontecendo a reabertura gradual neste mês de setembro, os pedidos de aposentadoria seguem com atendimento exclusivamente online – mais abaixo contamos para você quais são os serviços que estão disponíveis no formato presencial.

 

COMO É FEITO O PROCESSO DE APOSENTADORIA NO INSS?

 

Por lei, a partir do requerimento, o INSS tem 30 dias para analisar a solicitação, podendo – quando justificado – prorrogá-la por mais 30. No entanto, é bastante comum vermos o Instituto não cumprir o prazo e fazer o cidadão esperar muito.

A situação fica um pouco mais difícil – se é que isso é possível -, para os casos de pessoas que tiveram períodos de atividade especial, trabalharam no exterior ou exerceram atividades rurais.

Quando o processo de aposentadoria é indeferido, é ainda pior. A opção do cidadão é procurar um advogado previdenciário e a justiça. É claro que, como você deve imaginar, todo esse movimento pode demorar mais ainda. 

Com a Reforma da Previdência, a readequação do órgão às novas regras tornou-se morosa ao extremo.

 

Então, essa é a nossa dica primordial: 

Deixe sempre suas contribuições e documentações em dia, ainda que os requisitos para a aposentadoria não tenham sido completados. E se já foram, a atenção deve ser muito maior.

 

Ainda assim, por que você deve entrar com o processo de aposentadoria durante a quarentena? 4 motivos

 

Você lembra que nas seções anteriores falamos sobre a demora na análise do INSS, em razão do excesso de requerimentos de aposentadoria?

Pois é!

O ideal é que se você completou todos os requisitos para solicitar o benefício, faça-o logo! 

A quarentena não pode ser um impeditivo para os seus direitos. Mesmo que aconteça o atraso no recebimento, você pode reaver esses valores de forma retroativa, quando houver o reconhecimento de que você já deveria estar recebendo.

 

Veja 4 outros motivos, tão importantes quanto o posto acima, para que você entre com o processo de aposentadoria agora:

 

1 | O desemprego está em alta! Se você está sem renda, ir em busca de um trabalho pode ser um processo mais desgastante do que solicitar a aposentadoria;

 

2 | Quanto mais tarde você pedir, mais tarde irá receber. Exceto para os casos indeferidos, você lembra dos prazos estabelecidos na legislação? Independente disso, você pode buscar a orientação de um advogado INSS para entender qual é a melhor forma de proceder;

 

3 | Com o País em recessão, e o custo de vida cada vez mais alto, é essencial que você conte com esse dinheiro que é seu, por direito;

 

4 | Quanto mais trabalhadores estiverem solicitando benefícios, como o seguro desemprego, mais sobrecarregado fica o sistema, e mais demorará a concessão de quaisquer benefícios.

 

O INSS fechou as portas das agências físicas por quase 6 meses 

 

A primeira previsão de volta à normalidade foi estimada para junho. No entanto, sem uma medida eficiente para barrar as infecções – como uma vacina -, e devido ao momento de alta na quantidade de acometidos, o Instituto desistiu da ideia.

E não parou por aí… 

Nesse meio tempo, houve outras tentativas de retorno, todas canceladas.

 

A RETOMADA DAS AGÊNCIAS DO INSS EM TODO O PAÍS

 

Embora estejam acontecendo diversas polêmicas e interferências judiciais Brasil afora, em razão da falta de EPI para os profissionais realizarem as perícias-médicas, neste mês de setembro o INSS decidiu abrir, gradativamente, as portas das agências físicas novamente. E o que temos visto, na contramão do planejamento, são extensas filas e muitas reclamações. 

 

É NECESSÁRIO AGENDAR ATENDIMENTO

 

Para justamente evitar o que está acontecendo, o INSS divulgou em seus canais que apenas os segurados que tiverem horário marcado serão atendidos nas agências físicas. 

O agendamento é feito através do telefone 135 ou do site/aplicativo MEU INSS.

 

QUAIS SERVIÇOS ESTÃO SENDO ATENDIDOS NAS AGÊNCIAS?

 

Como falamos anteriormente, alguns serviços não terão atendimento nas agências, como os requerimentos de aposentadoria. Confira a lista:

  • REABILITAÇÃO PROFISSIONAL;
  • CUMPRIMENTO DE EXIGÊNCIA;
  • JUSTIFICAÇÃO ADMINISTRATIVA OU JUDICIAL;
  • AVALIAÇÃO SOCIAL;
  • PERÍCIA MÉDICA (mediante a avaliação dos locais).

 

Consulte o mapa de agências abertas disponibilizado pelo INSS,  e verifique se há atendimentos presenciais nas proximidades de sua região.

Compartilhe

Mais notícias

tempo como auxílio doença conta para aposentadoria
quanto pagar de inss
benefício indeferido
perícia do inss
abono permanência
Benefício negado
revisão da vida toda
Desenvolvido por WebShare - Estratégia e Resultado   © Copyright - CMP Prev - Todos os direitos reservados
Já vai embora?

Se não encontrou o que procurava, clique abaixo e receba uma consulta personalizada.

Ligamos para você
Envie seus dados e em breve entraremos em contato
Chat online
Envie seus dados para iniciar a conversa
-
Consulte nossos advogados